Notícia - Os profissionais mais difíceis de encontrar no mercado

Os profissionais mais difíceis de encontrar no mercado

Os profissionais mais difíceis de encontrar no mercado

Processo de recrutamento mais longo


São Paulo - Para determinadas funções e carreiras atualmente, encontrar candidatos qualificados é uma tarefa que anda tirando o sono dos recrutadores. É o que revela um levantamento da Page Personnel, especializada no recrutamento de profissionais técnicos e de suporte à gestão.

O tempo de espera das empresas para preencher alguns cargos pode chegar a 4 meses, como é o caso da seleção de um profissional de vendas para o setor de cosméticos, por exemplo.


Para Gil van Deft, diretor da Page Personnel, o aumento do tempo do recrutamento está ligado à maior exigência dos processos seletivos e à escassez de profissionais qualificados: “Com mais competividade, as empresas buscam profissionais mais completos, o que é raro encontrar, e os processos seletivos hoje têm mais etapas do que há alguns anos”, diz.


Ele também cita a distância entre a formação oferecida pelas faculdades e as exigências do mercado como fator que explica esta dificuldade de encontrar profissionais preparados. " Há esta diferença entre a formação oferecida e o que o mercado exige. Já há algumas, mas empresas deveriam apostar mais em parcerias com as faculdades para auxiliar na preparação dos candidatos para o mercado de trabalho", diz.


Confira agora 12 profissionais que são difíceis de encontrar, por que eles são raros no mercado, o salário médio das funções e seu o perfil, de acordo com a Page Personnel:





1. Vendedor técnico para setor de cosméticos


Tempo médio de recrutamento: 3 meses a 4 meses.


Perfil: formação em Química ou Engenharia Química e experiência comercial no mercado cosmético. A atuação do profissional compreende a gestão de carteira de clientes no segmento cosmético, prospecção de novas contas, venda consultiva e participação de feiras e eventos do setor.


Por que é difícil encontrar: a formação de profissionais não acompanhou o crescimento da demanda, na opinião de van Delft.




Salário médio: R$ 6 mil a R$ 7 mil.



Perfil: formação em Química ou Engenharia Química e experiência comercial no mercado cosmético. A atuação do profissional compreende a gestão de carteira de clientes no segmento cosmético, prospecção de novas contas, venda consultiva e participação de feiras e eventos do setor.

Por que é difícil encontrar: a formação de profissionais não acompanhou o crescimento da demanda, na opinião de van Delft.


2. Profissional de projetos logísticos



Tempo médio de recrutamento:3 meses.



Salário médio: R$ 4,5 mil a R$ 9 mil

Perfil: o profissional deve estar inserido no mercado de operadores logísticos, varejo ou ainda na indústria. É necessária uma visão ampla de processos por estar em contato com segmentos diversos, cada um com suas particularidades e urgências. A atuação pode ter foco no dimensionamento, planejamento, implementação ou na melhoria do projeto.



Por que é difícil encontrar: “São posições que se tornaram estratégicas, o Brasil é um país complexo em termos de logística e os profissionais precisam ter visão mais ampla do negócio”, diz vab Delft.



3. Analista de gerenciamento por categoria sênior


Tempo médio de recrutamento: 3 meses



Salário médio: R$ 5,2 mil a R$ 7mil



Perfil: o profissional é responsável por informações sobre o consumidor e as novas práticas de mercado com o objetivo de melhorar os planos de ação de gerenciamento por categoria de produtos. Ele também desenvolve as estratégias de exposição e organização das marcas nos diferentes canais de vendas, direcionados por canais e regiões.



Todos os processos referentes ao gerenciamento das categorias de produtos ficam a cargo deste profissional que coordena a dá suporte à equipe de vendas da empresa. Além de acompanhar a evolução dos produtos, market share, distribuição, preços e posicionamento da marca, o profissional também desenvolve estratégias e táticas para as categorias de produtos no que diz respeito aos preços, promoções e também ao espaço ocupado no mercado. Ficar de olho na concorrência e estabelecer um plano de ação para bloquear seu impacto e desenvolver parcerias com os clientes também fazem parte do escopo de atuação.

Por que é difícil encontrar:“Além de maior demanda, há novas tecnologias em relação às métricas que os profissionais precisam conhecer”, diz van Delft.

4. Analista de inteligência de mercado




Tempo médio de recrutamento: 2 meses a 3 meses.

Salário médio: R$ 5 mil a R$ 6,5 mil

Perfil: é o profissional que passa as informações referentes ao mercado para as áreas de marketing e vendas da empresa, tais como situação da concorrência, movimentações estratégicas, posicionamento. O analista também estuda o posicionamento da empresa e aponta estratégias para alcançar vantagem competitiva. A elaboração de relatórios mensais de desempenho de vendas da empresa em relação à concorrência também faz parte do trabalho deste profissional.

Tempo médio de recrutamento: 2 meses a 3 meses.

Salário médio:R$ 4,5 mil a R$ 5,5 mil



Por que é difícil encontrar: Para van Delft, a escassez de profissionais está relacionada à complexitude da função. "É preciso colher dados, fazer análises e dar sugestões. É um profissional que precisa se comunicar bem como todas as áreas, marketing, produção, logística”, diz Gil



5. Analista de marketing digital / e-commerce



Perfil: é o profissional que vai liderar projetos digitais, desenvolvendo e administrando conteúdo de sites de e-commerce e campanhas de mídia online. Tendo domínio de ferramentas como o Google Analytics, por exemplo, o analista é capaz de fazer e analisar relatórios de métricas online tendo em vista os resultados gerados pelos sites.


Tempo médio de recrutamento: 2 meses a 3 meses.



Salário médio: R$ 4,5 mil a R$ 5,5 mil



Perfil: é o profissional que vai liderar projetos digitais, desenvolvendo e administrando conteúdo de sites de e-commerce e campanhas de mídia online. Tendo domínio de ferramentas como o Google Analytics, por exemplo, o analista é capaz de fazer e analisar relatórios de métricas online tendo em vista os resultados gerados pelos sites.


Por que é difícil encontrar: A novidade da função no mercado é que torna os profissionais raros no mercado, na opinião de van Delft.. “Tem pouca gente preparada e com experiência para trabalhar nessa área. Fora dos grandes centros é ainda mais complicado encontrar”, diz o diretor da Page Personnel



6. Analista de revenue management


Tempo médio de recrutamento: 2 meses a 3 meses

Salário médio: R$ 3 mil a R$ 6 mil

Perfil: é o profissional responsável pela gestão de receitas nas operações de vendas, gestão de preços, margem e investimentos de trade, construção e análise de lucros e perdas (P&L) e dados de vendas. É quem elabora relatórios gerenciais, a partir do cruzamento de informações financeiras da empresa e informações de mercado. Analisa custos e gastos por produto e canal de vendas, com o objetivo de antecipar as necessidades de ações de preço ao mercado.

Por que é difícil de encontrar: “A escassez está ligada ao próprio perfil profissional que precisa ser completo: boa formação, domínio de idiomas , perfil analítico”, diz van Delft.



7. Vendedor Key Account sênior


Tempo médio de recrutamento: 60 a 90 dias.



Salário médio: R$ 4,5 mil a R$ 6 mil comissões mensais.



Perfil: é preciso ter inglês fluente e bom trânsito nas grandes redes de supermercado. O profissional é o gestor da carteira de clientes e responsável pela negociação de contratos com compradores. Define e implementa ações compradores. Define e implementa ações promocionais para aumentar a exposição dos produtos nas redes e incrementar a vendas. Também faz a gestão de custos, analisa a rentabilidade e o volume de vendas.

Por que é difícil encontrar: "Há o aumento da demanda e precisa ser uma pessoa com relacionamento já estabelecido com as grandes redes de supermercados, alguém que já tenha experiência”, diz van Delft. Ele explica que muitos profissionais evitam deixar uma empresa para trabalhar na concorrência por uma questão ética. “ É algo que acontece muito, por isso recrutamos quem já esteja disposto a sair”, diz Gil



8. Consultor em engenharia


Tempo médio de recrutamento: 2 meses



Salário médio: R$ 3 mil a R$ 8 mil



Perfil: conhecimento técnico de engenharia na área específica da consultoria.



Por que é difícil encontrar: “ É um engenheiro que precisa ter habilidade de comunicação e de relacionamento, além do lado consultivo.É esse perfil pessoal que pega porque geralmente a formação do engenheiro é mais técnica”, diz van Delft.



9. Profissional de planejamento e demanda


Tempo médio de recrutamento: 60 dias



Salário médio: R$ 4 mil a R$ 8 mil



Perfil: é preciso ter uma visão geral da cadeia de supply chain e bons conhecimentos de produção, logística e da área comercial. É que estabelece a previsão de vendas de um produto ou de determinada linha de produtos tendo em vista fatores como o histórico de vendas, a previsão da demanda, o nível de estoque, a sazonalidade, entre outros. Inglês fluente é exigido em 90% dos cargos, segundo a Page Personnel.

Por que é difícil encontrar: na função é preciso combinar um perfil analítico para que as previsões sejam mais assertivas e estratégico para acompanhar alterações no plano e gerar resultados mais próximos da realidade.



10. Profissional de compras estratégicas


Tempo médio de recrutamento: 45 a 60 dias

Perfil: é o profissional que traz uma visão estratégica para a área de compras. Por isso é preciso ter perfil comercial arrojado e habilidade de negociação. Visão ampla do processo de supply chain é um requisito da função já que é preciso propor alternativas para o negócio tendo em vista custo-benefício, qualificação de fornecedores entre outros fatores. Fluência em inglês é essencial.


Por que é difícil encontrar: profissionais com visão ampla e estratégica do mercado são raros. "Há poucos profissionais de alto nível no mercado”, diz Gil



11. Supervisor de produção




Tempo médio de recrutamento: 1 mês a 2 meses



Salário médio: R$ 6,5 mil a R$ 9 mil



Perfil. o supervisor deve garantir matéria-prima suficiente para a produção e combater os eventuais gargalos para manter a eficiência e reduzir custos de produção. Por isso é preciso entender da cadeia de produção, e reunir capacidade lógica e de gestão de pessoas



Por que é difícil encontrar: “Antes era uma posição mais técnica e hoje é preciso que o profissional tenha uma visão mais ampla, o perfil mudou”, diz Gil. Algumas empresas requerem profissionais especializados em seu segmento e em uma determinada área e há empresas que buscam profissionais que entendam de diversas áreas e segmentos. Tanto a especialização em um segmento, como o conhecimento de diversas áreas e segmentos, são raros nos profissionais disponíveis no mercado.



12. Técnico de campo em manutenção eletromecânica


Tempo médio de recrutamento: 1 mês



Salário médio: R$ 3 mil a R$ 4 mil



Perfil: é responsável pela manutenção (elétrica, mecânica e em automação) dos equipamentos e linhas de produção nos clientes da empresa para a qual trabalha.




Por que é difícil encontrar: o técnico de campo é um dos profissionais mais requisitados em empresas de máquinas, equipamentos e serviços. A maior dificuldade é encontrar profissionais com conhecimento nas três áreas – elétrica, mecânica e automação- e com total disponibilidade para viagens frequentes. “ As empresas buscam pessoas que já tenham tido experiência com as máquinas e equipamentos, o que é difícil, já que são máquinas muitas vezes recém chegadas no país. A formação técnica não acompanha o surgimento de novas tecnologias”